Cruzeiro × na web de torcedores da Cruzeiro.
Cruzeiro
A rede social de torcedores do
Cruzeiro

MOEDA DESVALORIZADA

waldeir Por waldeir

em 30-12-2016 às 17:31

MOEDA DESVALORIZADA
MOEDA DESVALORIZADA
Se Mena fosse uma moeda, certamente não seria euro, dólar ou libra. Na verdade, pelo andar da carruagem nesse momento de "mercado da bola", o chileno, que está emprestado ao São Paulo até o próximo dia 31, mais se assemelha ao Guarani, moeda do Paraguai. Isso porque o jogador, antes tido como "moeda de troca" por despertar interesse em grandes times como São Paulo e Internacional, agora, parece se tornar, cada vez mais, um engodo na Toca II.
Quando do empréstimo do lateral, o Cruzeiro estipulou um valor de R$ 5 milhões para o São Paulo ficar com o atleta em definitivo. O clube paulista não só não aceitou pagar o valor, ao fim do empréstimo, como chegou tão somente propor extensão do vínculo por mais uma temporada gratuitamente, o que foi recusado pelo Cruzeiro. Afinal, também havia interesse do Internacional, que mesmo caindo para a Série B, possui jogadores importantes, como Valdívia, William, Rodrigo Dourado, entre outros. O clube celeste tentou uma composição na base da troca ou compensação financeira, mas o Colorado desistiu. Assim, a moeda, antes pretendida, agora passa a ser um grande entrave financeiro à Raposa. 
Aliás, um dos problemas que o Inter alegou para não prosseguir as negociações com o Cruzeiro foi o salário do jogador. Embora se possa desconfiar que a "desculpa" deva ser outra, uma vez que pagam uma das maiores folhas salariais do país, principalmente considerando a volta de D'Alessandro, além de Anderson. Juntos, o Inter gasta mais de R$ 1,3 milhão, com cada um ganhando cerca de cinco vezes mais o que recebe Mena no Cruzeiro.
Mena tem contrato até o final de 2017 na capital mineira e o Cruzeiro busca um destino para ele. Com outros três atletas à disposição, uma vez que contratou Diogo e já detinha Bryan e Edimar, o chileno, até também por ser estrangeiro é "carta fora do baralho" na Toca II. 
Interesse em Mayke
Sites e rádios noticiam que o Cruzeiro foi procurado pelo Sporting-POR, interessado em Mayke. A proposta seria por empréstimo de um ano, com o valor dos direitos fixados. A proposta, nesses termos, não agradou. Caso queiram Mayke, terão que pagar cerca de 4 milhões de euros, valor considerado razoável pela diretoria do clube. Por empréstimo não há acordo.
Milhões por Marinho!
O Cruzeiro pode embolsar uma boa grana em breve. Isso porque detém 30% de Marinho (o clube tinha maior percentual, mas vendeu, durante o Brasileiro, 20% ao Vitória). O Cruzeiro poderá receber cerca de R$ 5 milhões, caso se efetive a venda do jogador, que interessa ao Santos, Flamengo e futebol chinês.
Fabrício na Chape e Elisson no Vila Nova-GO!
O zagueiro Fabrício Bruno interessa à Chapecoense, que consultou o Cruzeiro sobre a possibilidade de empréstimo. As chances do jogador ir para Chapecó são grandes, uma vez que o clube tem, hoje, Leo, Manoel, Caicedo e Dedé. Para quinto zagueiro, poderia aproveitar Murilo Cerqueira, da base. Já o goleiro Elisson, de 29 anos, foi emprestado pela décima vez. Fica no Vila Nova-GO até novembro de 2017, quando de encerra a Série B.
Não forcem a barra!
Tem site publicando que Henrique é capitão emergente. Emergente onde? É o segundo jogador que mais atuou com a camisa do Cruzeiro no atual elenco (353 jogos), tem o respeito do grupo, é um jogador experiente e líder no plantel. Esse tipo de reportagem - publicada em site esportivo - mais parece preenchimento de espaço. Respeitem o capitão celeste!
Disponíveis
Há sites publicando quais atletas ficam disponíveis após 31 de dezembro. É cada bomba! Espera-se que nenhum deles chegue à Toca na sequência. Aliás, o tal "presente à torcida" está vencendo o prazo. Será que virá alguém?
Sua comunidade,
no seu celular
0 VOTOS

Obrigado/a por colaborar conosco. Comprovaremos a notícia denunciada e atuaremos em conseqüência.

Novos comentários

Deseja participar desta seção?

- Se você já está registrado, entre.

Se ainda não está registrado em paixaocruzeirense.com.br: